Empresas voltadas para a saúde e o cuidado do cérebro, como a Ginástica do Cérebro, oferecem estratégias que prometem potencializar e melhorar a qualidade de vida. A Ginástica do Cérebro afirma que seu método melhoram as habilidades cognitivas como memória, atenção, velocidade de raciocínio, foco e resolução de problemas.

Mas qual a sua eficácia?

Os psicólogos (e também outros especialistas) descobriram, através de estudos, que o treinamento cognitivo pode de fato oferecer como recompensa a melhoria nas habilidades cognitivas, tais como a memória e a resolução de problemas.  

O declínio cognitivo é um processo que afeta crianças, jovens, adultos e idosos. Declínio cognitivo não significa que a pessoa não conseguirá realizar uma tarefa, mas que a capacidade de realizar essa tarefa diminui.

Em sua pesquisa, o neuropsicólogo Glenn Smith, PhD, mostrou que treinar pessoas em uma habilidade cognitiva pode levar a benefícios também em outras áreas da cognição, isto é, o processo de treinamento cognitivo se propaga, beneficiando o nosso cérebro de diversas formas. Pessoas que participaram do grupo de estudos de treinamento cognitivo do Smith afirmaram terem percebido melhorias em suas vidas diárias. “Ao longo do tempo de nossos estudos, as pessoas que fizeram o treinamento relataram menos problemas nas funções diárias e atribuíam isso aos benefícios da estimulação cognitiva de nossos estudos”, diz Smith.

A psicologia e o treino cognitivo se encontram e se apoiam no trabalho voltado a saúde e ao cuidado do cérebro. Essa capacidade de reorganizar e criar novos caminhos é chamada neuroplasticidade e, é a ciência por trás do treinamento cognitivo e do trabalho terapêutico.

O método utilizado na Ginástica do Cérebro, para o treino cognitivo, auxilia também no funcionamento psicossocial e emocional do aluno, os exercícios são usados ​​como uma ferramenta para ajudar a alcançar objetivos direcionados, como melhorar a autoestima, treinar a tolerância à frustração e desenvolver estratégias de solução de problemas.

Existem várias razões pelas quais a psicologia e o treino cognitivo se relacionam e, essa relação é muito significativa e importante para a saúde do seu cérebro. 

Por: Mariane Duarte
31 de Julho de 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *